PEVI – Programa de Educação para a Vida

Programa Social Contra Turno Escolar Vigência: Inicio 01/08/2018, Término 31/08/2023

Identificação da Unidade Executora

Unidade Executora Razão Social:Associação Rede Ao Mar
CNPJ: 23.417.824/0001-67
Endereço: Rua: Bonn, N°: 848. Ubatuba. São Francisco do Sul, SC
CEP: 89240-000
Telefone: (47) 3449-6121 | (47) 3442-5965
E-mail: associacao.redeaomar@outlook.com
Responsável pela Unidade: Marli Terezinha Varela Mette.

Identificação do Projeto

Nome do projeto

PEVI - Programa de Educação para a Vida

Início

01 de agosto de 2018.

Situação

Continuidade.

Endereço de execução

Rua Bonn, Nº 848. Ubatuba
São Francisco do Sul, SC.

Tipo de imóvel

Alugado.

Término

31 de agosto de 2023

Finalidades Estatutárias e/ou Institucionais

Art. 1º – A ASSOCIAÇÃO REDE AO MAR, constituída em 04 de abril de 2015, é uma pessoa jurídica de direito privado, de fins não econômicos, de caráter social e cultural e duração por tempo indeterminado. Art. 2º – A Associação Rede Ao Mar, tem por finalidades: promover assistência social a crianças e adolescentes, e idosos; promoção da ética, da paz, da cidadania, dos direitos humanos, da democracia e de outros valores universais; promoção da inclusão social de crianças e adolescentes; no intuito da redução da ocorrência de vulnerabilidade social e a socialização de crianças e adolescentes; promoção de atividades destinadas à implementação, à prática, ao ensino, ao estudo, à pesquisa e ao desenvolvimento da cultura, por meio do serviço de convivência e fortalecimentos das famílias.

Fundamentação, Função e objetivo da instituição: “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e de Poder Público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, a respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária” conforme Art. 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente. Educar crianças para a vida significa habilitá-las para a vida em sociedade, numa abordagem integral do ser humano. Desde 1992, estamos comprometidos com a transformação da situação da criança em situação de vulnerabilidade social no Brasil. Atualmente, desenvolvemos o Programa Educação Para a Vida em contraturno escolar, por meio de capacitação de educadores, material e assessoria pedagógica.

O Programa Educação Para a Vida, ocorre em contraturno escolar, por meio de capacitação de educadores, material e assessoria pedagógica, para atendimento de crianças em situação de risco e vulnerabilidade social.

Objetivo Geral

Nosso objetivo é promover o desenvolvimento integral de crianças em situaç ão de vulnerabilidade, promovendo proteção à criança, redução a evasão escolar, prevenção de riscos a vulnerabilidade social e educação de qualidade. É um Programa de Educação que visa proporcionar: Transformação; crescimento integralção; liderança servidora.

Objetivo Específico

Garante às crianças espaço seguro e saudável para seu desenvolvimento integral: físico, mental, social e emocional. Desenvolver atividades sócio–educativas através das oficinas com atividades, Jogos, brinquedos e brincadeiras que fazem parte do mundo da criança, pois estão presentes na humanidade desde o seu início. O programa PEV trata do lúdico como processo educativo, demonstrando que ao se trabalhar a ludicidade se proporciona a criança momentos únicos de prazer ensinando-a na cooperação, percepção, imaginação, integração, disciplina e comprometimento com o aprendizado, sendo que isso é indispensável para o seu desenvolvimento sadio. Por meio das atividades lúdicas, a criança comunica-se consigo mesma e com o mundo, aceita a existência dos outros, estabelece relações sociais, constrói conhecimentos, desenvolvendo-se integralmente, construindo uma autoestima que solidifica para toda a vida. Propicia o fortalecimento e a preservação de vínculos familiares. Através de discussões reflexivas, palestras de orientação sobre o cuidado com a criança na sua programação de Ação Educativas para os pais. Trabalha na Prevenção de situação de exclusão social e de risco, digo “violência doméstica e trabalho infantil”.

Público Alvo

Crianças em situação de vulnerabilidade social nas idades de 7 a 12 anos.

Infraestrutura

Infraestrutura

Planejamento Financeiro

Objetivos Específicos

Garante às crianças espaço seguro e saudável para seu desenvolvimento integral: físico, mental, social e emocional. Desenvolver atividades sócio–educativas através das oficinas com atividades, Jogos, brinquedos e brincadeiras que fazem parte do mundo da criança, pois estão presentes na humanidade desde o seu início. O programa PEV trata do lúdico como processo educativo, demonstrando que ao se trabalhar a ludicidade se proporciona a criança momentos únicos de prazer ensinando-a na cooperação, percepção, imaginação, integração, disciplina e comprometimento com o aprendizado, sendo que isso é indispensável para o seu desenvolvimento sadio. Por meio das atividades lúdicas, a criança comunica-se consigo mesma e com o mundo, aceita a existência dos outros, estabelece relações sociais, constrói conhecimentos, desenvolvendo-se integralmente, construindo uma autoestima que solidifica para toda a vida. Propicia o fortalecimento e a preservação de vínculos familiares. Através de discussões reflexivas, palestras de orientação sobre o cuidado com a criança na sua programação de Ação Educativas para os pais. Trabalha na Prevenção de situação de exclusão social e de risco, digo “violência doméstica e trabalho infantil”.

Caracterização da Entidade

A entidade pertence a uma instituição que atua em âmbito: Municipal. Categoria da entidade: Atendimento, assessoramento, defesa e garantia de direitos. Atividade Preponderante da instituição: Assistência Social e Educação .

Caracterização do Programa

Proteção social básico: Serviço de convivência e fortalecimento do vínculo familiar.

Identificação do Programa

Tipologia: Proteção Social Básica, Contraturno Escolar.

Nome do Programa: Programa de Educação Para a Vida – Pevi

Descrição: Educar crianças para a vida significa habilitá-las para a vida em sociedade, numa abordagem integral do ser humano. Desde 1992, estamos comprometidos com a transformação da situação da criança em situação de vulnerabilidade social no Brasil. Atualmente, desenvolvemos o Programa Educação Para a Vida em contraturno escolar, por meio de capacitação de educadores, material e assessoria pedagógica.

Metodologia de trabalho: Educação Para a Vida é um programa que atua em aliança com a família para a construção da identidade das crianças numa abordagem de crescimento integral visando vivenciar a construção da realidade dos participantes, formando assim uma geração de líderes éticos e empreendedores.

A metodologia possui 3 pilares:
• Aplicação Abordagem de Educação Por Princípios - EP (AECEP).
• Contextualização ao contexto cultural local (Darrow Muller).
• Currículo Estruturado em Áreas de Influência (Landa Cope).

A cada encontro, são contempladas etapas de aprendizagem, baseadas num mesmo princípio norteador: Mordomia, união, caráter, autogoverno, semear e colher, individualidade e soberania. Todo o conhecimento é abordado de forma interdisciplinar e contextualizado à realidade da criança no contexto cultural em que está inserida.

Currículo do programa:Durante os 5 anos de permanência na Turminha a criança aprenderá a visão cristã de 8 áreas de influência da Sociedade (Cope, 2005).

Áreas de influências:Família, valores para a vida, educação, governo, saúde, economia, meio ambiente e cultura.

Público alvo:O Programa é destinado às crianças em vulnerabilidade social de 07 a 12 anos de idade, que estejam matriculadas no sistema municipal de ensino, ou que estão sem vagas na escola.

Prioritárias:Crianças cujas famílias são beneficiárias de programas de transferência de renda; Crianças residentes em territórios com ausência ou precariedade na oferta de serviços e oportunidades de convívio familiar e comunitário; Crianças que vivenciam situações de fragilização de vínculos.

Capacidade de atendimento:O Programa tem capacidade atualmente de atendimento para 48 crianças.

Meta: Prestar atendimento a cerca de 250 indivíduos no contexto familiar das 48 crianças. As oficinas são baseadas no currículo nacional do país em que está inserido. Todas as atividades são estudadas de forma interdisciplinar contemplando as seguintes áreas: Linguagem, natureza e sociedade, música, artes visuais, educaç ão religiosa e valores para vida, movimento e matemática.

Abrangência Territorial

Todas as regiões do Município de São Francisco do Sul – SC. Destacando prioridades aos bairros: Ubatuba, Enseada, Majorca, Sandra Regina. Por estarem em nosso raio de ação.

Articulação com a Rede Sócio-assistencial e Intersetorial

Palestras em conjunto com o posto de Saúde. Secretaria de Desenvolvimento Social. Secretaria de Saúde. Secretaria de Educação.

Formas de Participação dos Usuários

Reuniões Mensais de Avaliação da Equipe Técnica e para prestação de contas do programa. Relatórios do desenvolvimento Individual da Criança com indicadores: Aacute;rea Afetiva; Área Social; Área Intelectual; Criatividade e Iniciativa; Á rea Física. Eacute; realizada bimestralmente uma avaliação de acompanhamento do desenvolvimento integral das crianças participantes do projeto Pepe Efata. A cada 30 dias a equipe Técnica se reúne para discutir sobre o desenvolvimento das crianças e a problemática das famílias, orientações aos familiares. Cursos de reciclagem e capacitação para a equipe de facilitadores acontecem a cada 60 dias.

Monitoramento e Avaliação

Reuniões Mensais de Avaliação da Equipe Técnica e para prestação de contas do programa. Relatórios do desenvolvimento Individual da Criança com indicadores: Área Afetiva; Área Social; Área Intelectual; Criatividade e Iniciativa; Área Física. É realizada bimestralmente uma avaliação de acompanhamento do desenvolvimento integral das crianças participantes do projeto Pepe Efata. A cada 30 dias a equipe Técnica se reúne para discutir sobre o desenvolvimento das crianças e a problemática das famílias, orientações aos familiares. Cursos de reciclagem e capacitação para a equipe de facilitadores acontecem a cada 60 dias.

Documentação e Instrumentos de Registro

• Ficha de acompanhamento/evolução;
• Ficha de cadastro dos usuários; Relatórios;
• Lista de presença/controle de frequência;
• Plano individual de atendimento personalizado ao usuário;
• Plano de acompanhamento familiar;
• Cópia de documentação pessoal dos usuários;
• Ficha de avaliação do serviço;
• Ficha de encaminhamento para a rede de serviços;

Declaração

Na qualidade de representante legal da instituição, declaro sob as penas da lei, que as informações prestadas neste documento são expressão da verdade e possuem Fé Pública.

Marli Terezinha Varela Mette
Responsável

Nossos parceiros

Fale conosco

e faça parte desse projeto em prol de nossas crianças.

Somos um grupo de pessoas que prima pelos princípios éticos, moral, social, espiritual e educacional de uma sociedade.

© 2018 Rede ao Mar. Todos os direitos reservados

Desenvolvido com 💙 por bhPaniago